A alguns passos da eternidade


Se considerarmos 1 passo igual a um ano, quem tem 65 está a uns 20 passos da eternidade. A queda é lenta, mas é da vida, não tem isto quem morre cedo. Há quedas mais rápidas mas cada vida sua genética e o que fez de sua saúde.

Qual a essência da vida, para onde vais, quo vadis?

Erramos, erramos muito. Pensamos que ao errar aprendemos e não vamos errar mais. Mas cometemos os mesmos erros várias vezes. Às vezes não, às vezes sim.

O passado não se recupera, serve apenas como referencia, como aprendizado. O passado é importante desde que vivamos o presente. Rememorar o passado é coisa para escritores, os memorialistas. São importantes para registrar a história de uma pessoa, um lugar, uma família um povo.

Por journey

system analyst lawyer journalist ambientalist

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: