Perry Salles


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Perry Salles
Nome completoPerilúcio José Salles de Almeida
Nascimento6 de março de 1939
Rio de JaneiroRJ
Morte17 de junho de 2009 (70 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidadebrasileiro
Estatura1,85m
ParentescoYara Salles (mãe)
CônjugeMiriam Mehler (1968 – 1972)
Vera Fischer (1972 – 1987)
Ocupaçãoator
diretor
Principais trabalhosLaio, em Mandala
Procurar imagens disponíveis

Perilúcio José Salles de Almeida, mais conhecido como Perry Salles (Rio de Janeiro6 de março de 1939 — Rio de Janeiro, 17 de junho de 2009), foi um ator e diretor brasileiro. Era filho adotivo da também atriz Yara Salles.

Índice

Biografia

Nascido e criado no Rio de Janeiro, foi adotado ainda bebê pela atriz Yara Salles.

O ator foi casado de 1960 a 1964 com Filomena Chaves, que não fazia parte do meio artístico. O casal teve três filhos: Renata Chaves Salles, nascida em 1960, Romeu Chaves Salles, nascido em 1962, e Rômulo Chaves Salles, nascido em 1963. De 1968 a 1972 foi casado com a atriz Miriam Mehler, com quem teve seu filho Rodrigo Mehler Salles, nascido em 1969 e falecido em 1990, em um acidente de moto. De 1972 a 1987 foi casado com a atriz Vera Fischer.

O seu personagem mais marcante em telenovelas foi Laio, na 2ª fase de Mandala, de 1987. Ele já estava amigavelmente separado de Vera, quando contracenaram juntos nesta novela.

Doença e Falecimento

Em 2006, sofreu um infarto em casa, e teve que passar por uma cirurgia para o implante de um stent. O ator foi diagnosticado com câncer de pulmão em fevereiro de 2009, e seu quadro de saúde piorou.[1]

Após metástase, o câncer atingiu o cérebro, e Perry faleceu no apartamento de sua ex-esposa e amiga, Vera Fischer, no bairro do Leblon, na zona sul carioca, no dia 17 de junho de 2009.[1]

Trabalhos

Na televisão

AnoTítuloPapel
2004MandrakePacheco
2001O CloneMustafá
1987MandalaLaio Lunardo
1979Os GigantesEdson
1973O AnjoMascarado
1972O Príncipe e o MendigoHerford
1971Os Deuses Estão Mortos
1970Tilim
1969João Juca Jr.
1967Sublime Amor

No cinema

AnoTítuloPapel
2004Espelho d’Água – Uma Viagem no Rio São FranciscoVelho do Rodeador
1998Cinderela BaianaPierre
1994O Efeito IlhaTom Amareto
1975IntimidadeAlex/Roberto
1974As Delícias da VidaJúlio
1974O Marido VirgemJoel – Protagonista
1974As Mulheres que Fazem Diferente
1973A Super Fêmea
1962Assassinato em CopacabanaSílvio
1961O Dono da BolaFernando

Na direção

AnoTítulo
1982Dôra Doralina
1975Intimidade

Referências

  1. ↑ Ir para:a b «Perry Salles não resiste ao câncer e morre, aos 70 anos»Dourados Agora – Notícias de Dourados-MS e Região. Consultado em 16 de junho de 2021

Ligações externas

x

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Perry Salles
Nome completoPerilúcio José Salles de Almeida
Nascimento6 de março de 1939
Rio de JaneiroRJ
Morte17 de junho de 2009 (70 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidadebrasileiro
Estatura1,85m
ParentescoYara Salles (mãe)
CônjugeMiriam Mehler (1968 – 1972)
Vera Fischer (1972 – 1987)
Ocupaçãoator
diretor
Principais trabalhosLaio, em Mandala
Procurar imagens disponíveis

Perilúcio José Salles de Almeida, mais conhecido como Perry Salles (Rio de Janeiro6 de março de 1939 — Rio de Janeiro, 17 de junho de 2009), foi um ator e diretor brasileiro. Era filho adotivo da também atriz Yara Salles.

Índice

Biografia

Nascido e criado no Rio de Janeiro, foi adotado ainda bebê pela atriz Yara Salles.

O ator foi casado de 1960 a 1964 com Filomena Chaves, que não fazia parte do meio artístico. O casal teve três filhos: Renata Chaves Salles, nascida em 1960, Romeu Chaves Salles, nascido em 1962, e Rômulo Chaves Salles, nascido em 1963. De 1968 a 1972 foi casado com a atriz Miriam Mehler, com quem teve seu filho Rodrigo Mehler Salles, nascido em 1969 e falecido em 1990, em um acidente de moto. De 1972 a 1987 foi casado com a atriz Vera Fischer.

O seu personagem mais marcante em telenovelas foi Laio, na 2ª fase de Mandala, de 1987. Ele já estava amigavelmente separado de Vera, quando contracenaram juntos nesta novela.

Doença e Falecimento

Em 2006, sofreu um infarto em casa, e teve que passar por uma cirurgia para o implante de um stent. O ator foi diagnosticado com câncer de pulmão em fevereiro de 2009, e seu quadro de saúde piorou.[1]

Após metástase, o câncer atingiu o cérebro, e Perry faleceu no apartamento de sua ex-esposa e amiga, Vera Fischer, no bairro do Leblon, na zona sul carioca, no dia 17 de junho de 2009.[1]

Trabalhos

Na televisão

AnoTítuloPapel
2004MandrakePacheco
2001O CloneMustafá
1987MandalaLaio Lunardo
1979Os GigantesEdson
1973O AnjoMascarado
1972O Príncipe e o MendigoHerford
1971Os Deuses Estão Mortos
1970Tilim
1969João Juca Jr.
1967Sublime Amor

No cinema

AnoTítuloPapel
2004Espelho d’Água – Uma Viagem no Rio São FranciscoVelho do Rodeador
1998Cinderela BaianaPierre
1994O Efeito IlhaTom Amareto
1975IntimidadeAlex/Roberto
1974As Delícias da VidaJúlio
1974O Marido VirgemJoel – Protagonista
1974As Mulheres que Fazem Diferente
1973A Super Fêmea
1962Assassinato em CopacabanaSílvio
1961O Dono da BolaFernando

Na direção

AnoTítulo
1982Dôra Doralina
1975Intimidade

Referências

  1. ↑ Ir para:a b «Perry Salles não resiste ao câncer e morre, aos 70 anos»Dourados Agora – Notícias de Dourados-MS e Região. Consultado em 16 de junho de 2021

Ligações externas

Por journey

system analyst lawyer journalist ambientalist

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: